3.6.11

Este Domingo, não há motivo para não votar

This blog post is regarding the Portuguese elections that will occur next sunday. Thus, it is written in Portuguese.

Domingo Portugal vai a eleições. Para aqueles que acham que não vale a pena ir votar, ou vale mais branco ou nulo, porque "são todos iguais"... Aqui vai um pequeno (e incompleto) resumo das várias opções. Lembrem-se: o boletim de voto não tem só dois ou três quadrados.

BE - A favor do Software Livre. Contra as Patentes de Software. Combate aos paraísos fiscais. Criação de milhares de empregos na recuperação da ferrovia. Transparência na Administração Pública. Orçamento zero. Contra as medidas da Troika. Revisão de todas as Parcerias Público-Privadas. Contra a extinção do Ministério da Cultura.
CDS-PP - Contra o Software Livre. A favor das Patentes de Software. Signatário das medidas da Troika. A favor do DRM. Comprador de submarinos. Suspensão do TGV. Adiar o novo Aeroporto.
CDU - A favor do Software Livre. Contra as Patentes de Software. Taxa de 20% na banca. Aumento do Salário Mínimo. Redução do IVA. Redução das Taxas Sociais. Transparência na Administração Pública. Contra as medidas da Troika.
MEP - Apoio à reestruturação das dívidas das famílias aos bancos. Cheque-emprego famílias. Ensino pré-escolar universal aos três anos. Transparência nas aquisições públicas. Contra o aborto.
MPT - Prioridade à defesa do Mar. Utilização submarinos para combate à droga e contrabando. Recuperação das actividades marítimas. Criação de um Ministério do Mar. Contra as medidas da Troika.
PAN - Reconhecimento legal e constitucional da senciência dos animais, e criminalizar o seu abandono e maus-tratos. Promover o vegetarianismo. Revisão de todas as Parcerias Público-Privadas.
PCTP/MRPP - Ruptura com a União Europeia. Semana de trabalho com 30 horas. Definição de um salário mínimo Europeu. Defesa do direito não-discriminatório de todos os partidos políticos candidatos se apresentarem à população.
PDA - Acabar com o cargo de representante da República nos Açores. Contra o Plano Nacional de Barragens. Contra a anexação da APDL. Contra a privatização da ANA. Reforço do papel das Universidades na gestão dos fundos comunitários e na definição das políticas regionais.
PH - Direito de voto aos imigrantes com cinco anos de residência. Generalização do voto electrónico. Fim dos governos civis. Renegociação da dívida externa. Eliminar os falsos recibos verdes com mais fiscalização. Adopção de crianças por casais do mesmo sexo.
PND - Combate à corrupção, ao clientelismo e ao amiguismo. Redução drástica do número de deputados. Defesa do direito não-discriminatório de todos os partidos políticos candidatos se apresentarem à população.
PNR - Serviço Militar Obrigatório, Suspensão do Acordo de Schengen, Controlo de Fronteiras, Repatriamento imediato de imigrantes ilegais. Contra o encerramento de escolas. Aumentar a Polícia.
POUS - Contra o plano de resgate imposto pela União Europeia e pelo FMI. Saída da União Europeia. Proibição dos despedimentos. Contra a privatização das Empresas Públicas. Renacionalização da banca e de outros sectores estratégicos da economia sem indeminização nem resgate.Contra a privatização das Empresas Públicas. Renacionalização da banca e de outros sectores estratégicos da economia sem indeminização nem resgate.
PPM - Restabelecimento da monarquia. Alargamento dos horários de funcionamento dos museus. Redução em 50% o número de institutos, fundações e empresas municipais. Contra as Parcerias Público-Privadas.
PPV - Não ao aborto. Não à eutanásia. Não ao casamento homossexual. Reestruturação da Função Pública. Contra fecho das urgências da maternidade D. Estefânia. A favor da manutenção do Ensino Público.
PS - Contra o Software Livre. A favor das Patentes de Software. Signatário das medidas da Troika. Contra a liberdade dos autores poderem ceder os seus direitos ao público em geral. A favor do DRM. A favor do Plano Nacional de Barragens. Contra a extinção do Ministério da Cultura.
PSD - Contra o Software Livre. A favor das Patentes de Software. Signatário das medidas da Troika. Contra a liberdade dos autores poderem ceder os seus direitos ao público em geral. A favor do DRM. A favor do Plano Nacional de Barragens. A favor da extinção do Ministério da Cultura.
PTP - Eliminar a corrupção e o compadrio. Aumentar o salário mínimo nacional. Reposição dos cortes salariais. Acabar com os falsos recibos verdes. Mais esquadras de bairro. Mais médicos de família.

Se quiserem ver os projectos de cada um dos partidos com mais detalhe, têm aqui uma lista dos vários partidos, com link para cada um deles.

Se não houver aqui claramente motivos para se votar num determinado partido, estou convito que haverá, pelo menos, motivos suficientes para não se gostar de vários destes partidos. Estamos sempre a criticar qualquer coisa que há de errado. Há sempre opiniões com as quais não conseguimos concordar. Há, por vezes, um certo sentimento de frustração, como que uma "inevitabilidade" em relação ao caminho que a vida leva. Mas é possível marcar a diferença. Domingo é o dia.